MEU FILHO NÃO DORME! O sono é só a ponta do iceberg

Há questões que vão além da educação do sono em si. Por essa razão encontro mães que tentaram métodos de livros, outras que já buscaram profissionais, tentaram algumas vezes fazer o filho adormecer sozinho, sem muito sucesso. Não basta escrever um plano de sono, idealizar uma rotina, se na prática a família-Mamãe e Papai- não estiverem prontos para mudanças. O sono é reflexo de maus hábitos. E essa é a matemática: AÇÃO DO BEBE +REAÇÃO DO ADULTO=HÁBITOS QUE SERÃO ESTABELECIDOS Seria interessante que os pais pudessem analisar que relação estão construindo com seu filho. Como interagem entre si. Quem está no controle. Quem sempre escolhe as brincadeiras. O quanto de autonomia sua criança tem. Nos dias em que discutimos métodos tradicionais de educação de filhos e adotamos os mais gentis. Falamos tanto em criar filhos capazes de fazer boas escolhas e não limitar o potencial das crianças - Sim Isso é importante. Educar com amor. Ser firme e gentil-como orienta a disciplina positiva, por exemplo. Tão importante quanto, seria que os pais compreendessem as características de personalidade do filho, que é único. Que entendessem as capacidades e limitações próprias de cada fase que seu filho estiver atravessando. Será que não estamos dando autonomia demais a alguém que ainda está construindo a idéia do que é o mundo? Alguém que aprende com o que vê e vai entender as experiências que vivencia como regra. Será que nossas crianças estão realmente prontas para tantas escolhas? É possível educar o sono do bebê e da criança! Mas confesso que quando tenho contato com uma família quero mais que isso! Penso logo uma forma de conectar a família. Trabalho de base com estrutura sólida não se desfaz com o passar dos meses. Quando pensar em iniciar qualquer processo de educação de sono com seu filho, trabalhe com foco na conexão da família. Envolvendo o pai, a babá e quem mais tem contato direto com a criança. É bom que todos entendam que o resultado vai depender do quanto a criança teve suas reais necessidades atendidas a partir do primeiro minuto do dia e desenvolvendo a voz de comando que o identifique como quem está no controle. Para o sucesso no processo de educação do sono é preciso que seja aberto um espaço de conexão e escuta na casa. Olhar a criança do ponto de vista do seu desenvolvimento. Avaliar suas capacidades físicas e emocionais; e atender suas necessidades de alimentação, estímulos, afeto e limites. Os pais dizem: _Meu filho não dorme -Meu filho é difícil! -Ele só dorme mamando -Quando coloco na cama acorda, só dorme no colo -Ele não quer dormir no berço -Ele não gosta do carrinho -Ele chora e só cala quando faço o que ele quer E a pergunta é: Como você reage quando seu filho age assim? Responsabilizamos a criança quando deveríamos assumir a responsabilidade. Mudar a maneira de enxergar a situação pode mudar a situação. Mudança de hábito exige: 1-Consciência 2-Consistência 3-Persistência Nossos filhos vieram ao mundo como uma página em branco. Como um celular sem arquivos ou qualquer aplicativo! Somos nós quem fazemos os download e permitimos os vírus! E essa conversa não é pra te trazer culpa de jeito nenhum! Mas para trazer um outro ponto de vista, e também te dizer que não há nada de errado em não saber o que fazer. E ainda: que seu filho pode sim dormir melhor. Seus dias podem ser mais leves, suas noites mais tranquilas! E você pode assumir o controle, a partir de um olhar mais atencioso para o que seu filho realmente precisa. A criança precisa de pais seguros que a conduza ao sono e a vida. Há vários livros que ensinam métodos e profissionais que atuam com orientações para os pais a fim de educar o sono de bebês e crianças. Em geral a família procura ajuda, como uma alternativa para o cansaço que se instalou. Preocupados também com a qualidade do sono do bebê e um tanto ansiosos, esperam pela fórmula mágica. Por mais que acredite em meu trabalho e veja resultados todos os dias, não posso enganar a família. Não existe o pozinho mágico! Existe um trabalho de conscientização e esforço para mudar os padrões comportamentais que impactam no sono.

Josi Galvão Mãe dos gêmeos Arthur e Beatriz Consultora Materno Infantil -Especializada em  sono e rotina. Empresária,idealizadora da SOS Baby Consultoria para mamãe e Bebê.Desenvolve esse trabalho específico de orientação e suporte famílias há mais de 10 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário