Por que você vem protelando o momento de ser mãe?

Resolvi abordar esse tema por se tratar de algo que eu vivi. Protelei muito a gestação, mas muito e é sobre isso que vamos falar.
Quando você é bem jovem perguntam quando vai se noivar, casar, ter filhos, certo? Certo! Não é para todas as famílias, mas muitas famílias e parte da sociedade pensa assim. É tradição ou pelo menos era. Mas ter um filho não é uma consequência é uma escolha. No meu caso eu pensava, quando vou me formar, me especializar, fazer o mestrado, o doutorado, mandar trabalho para congresso. Pensava na minha carreira, e quer saber? Não há nada de errado com isso, sabe por que? Porque cada mulher tem uma prioridade de vida e nem sempre a gestação é primeira dela. As vezes a gestação nem será um escolha e simplesmente não acontecerá e eu também acho que não há nada de errado nisso.
Acho sinceramente que protelamos esse momento de ser mãe porque queremos viver outros momentos antes de ser mãe. Queremos viajar com o marido, ou fazer um intercâmbio e eu continuo afirmando que não há erro nessas escolhas. Na verdade, o que sinto é que a vida e as nossas escolhas vão nos preparando para a maternidade, acho que vamos amadurecendo e preparando o corpo e a mente para esse momento. Eu nunca me senti pronta, por exemplo, mas acho que minhas escolhas me fizeram uma mãe mais madura e com um grande entendimento da dádiva que é a maternidade.
Hoje também penso em como teria sido se eu tivesse sido mãe um pouco mais jovem, sim pois fui mãe aos 36 anos. Penso que se tivesse sentido vontade de ser mãe mais cedo, eu teria um pouco mais de disposição e não ficaria tão preocupada com tudo, sim porque a juventude nos traz isso: leveza, certa despreocupação e alguma ingenuidade. Mas o principal é que teria descoberto esse amor mais cedo e isso seria incrível também!
Muitas mulheres encaram pressão em suas carreiras, se sentem felizes evoluindo profissionalmente e não conseguem enxergar um bebê no meio disso tudo. Um momento único esse das mulheres em grandes cargos e muitas vezes as gestações são proteladas. Apesar de não enxergar problemas nisso, acho que a velocidade da vida profissional engessa esse instinto feminino em muitos casos, e isso sim eu acho complicado. Não há tempo nem para pensar se você quer ou não ser mãe. Outro ponto importante que acho que vale a pena ressaltar, principalmente para mulheres que passam por isso nesse momento, é reforçar que a carreira não vai acabar, a evolução profissional não vai estacionar, porque eu pensava assim, infelizmente. Tudo vai continuar, você vai continuar sendo a mesma estudante ou profissional de antes, mas agora mais iluminada, mais humana e com um pouco mais de afazeres, com certeza. Será mais feliz e mais completa e por consequência poderá trabalhar até melhor.

Aprendi que não existe um tempo certo para ser mãe mas existe o melhor momento sim! O melhor momento pessoal, financeiro pra você! Cada um é cada um e se pra você algumas outras coisas são importantes antes de ser mae, não há mal nisso. Você não é um E. T. por isso. Ouça seu coração e o respeite! Para ser uma mãe feliz, precisa estar bem com você mesma. Mas quando tiver dúvidas sobre a maternidade, lembre-se de que SIM, é a melhor coisa da vida! 

Espero ter ajudado as futuras mamães! 

Se tem dúvidas, mandem pra mim! 

Por Hamanda Garcia 


Nenhum comentário:

Postar um comentário